015_CA-destaque

071.AV.15 | PT

A proposta contempla um programa tipo T3, em que a zona social se encontra circunscrita ao piso térreo e a zona privada se desenvolve no primeiro piso.

A proposta desenvolve-se de forma transversal ao lote em que se implanta tirando desta forma um maior aproveitamento da orientação solar.

Essa compreensão do local está patente no modo como o piso térreo se relaciona com o terreno, sendo como que camuflado através de um plano vertical que cria duas plataformas de cota, protegendo o piso térreo que se relaciona com o exterior através de rasgos nesse mesmo plano e ainda servindo como base à implantação do piso superior.

Essa demarcação entre pisos fica mais explicita através da diferenciação dos materiais, enquanto que o piso térreo se “agarra” ao terreno com a pedra, o piso superior assume a sua presença com o reboco.

O acesso principal à habitação é feito através de um plano perpendicular que rasga o plano do piso térreo e que vem buscar as pessoas definindo uma zona protegida onde se encontram as escadas de acesso ao hall exterior.

Projeto

Moradia Unifamiliar

Promotor

Privado

Arquitetura

João Abreu

Colaboração

Bruno Soares

Fotografia / 3D

Bruno Soares

Área

286,00 m²

Localização

Amarante | Portugal

Estado

Em Construção

Ano

2015 –

Privacy Preference Center

Close your account?

Your account will be closed and all data will be permanently deleted and cannot be recovered. Are you sure?