057.GC.15 | PT

A moradia caracteriza-se morfologicamente pelas suas formas regulares, sendo o programa dividido em dois volumes independentes que também eles se destinam a zonas distintas da habitação, sendo o volume de contacto com o terreno o destinado à zona social da habitação e o volume superior recebendo a zona privada.

A forma como os dois volumes se relacionam definem também a zona de entrada bem como um espaço de estar exterior e relacionado com a piscina, coberto pelo piso superior. A orientação dos volumes, perpendiculares entre si, sendo o piso térreo orientado segundo o eixo norte-sul, permite definir a entrada principal de forma clara na sua relação com a via pública, ficando resguardada sob o volume superior e sendo o percurso até à mesma acompanhado pela implantação da piscina.

O piso térreo que goza de uma maior proteção em relação ao espaço público, abre mais declaradamente sobre o exterior na sua de entrada e piscina permitindo que os espaços interiores se prolonguem tanto na piscina como no espaço verde que a envolve.

Projeto
Moradia Unifamiliar
Promotor
Privado
Arquitetura
João Abreu
Colaboração
João Vasconcelos
Bruno Soares
Fotografia / 3D

Bruno Soares

Área
226,00 m2
Localização
Amarante | Portugal
Estado
Em Construção
Ano

2015 –